Idealização e realização:

Empreendedores da Mudança

Empreendedores da Mudança

  • São Paulo
  • 2
  • 3
  • 4

6 meses

12

Desenvolvimento

Desenvolvimento de empreendedores e negócios de impacto.

O tipo de suporte de destaque é: “Rede entre empreendedores”. Colaboração entre os empreendedores e com atores externos, além de interação com o campo.

Há contrapartida financeira (taxa de matrícula).

Encontros mensais presenciais de 12 horas em grupo e mentoria individual. As seções em grupo seguem um fluxo de diagnóstico, revisitação do modelo de negócios, validação de premissas críticas e abordagem das principais deficiências dos projetos. Os encontros têm 3 tipos de atividade: Reflexão, Cocriação e Desenvolvimento. A coordenação do processo e parte do conteúdo é feita por equipe própria. São convidados palestrantes, facilitadores e mentores externos para aportar conhecimento específico.

Trabalha o desenvolvimento dos empreendedores por meio do levantamento de seu Quociente Empreendedor (http://qemp.com.br/), seções de mentoria e reflexões em grupo, incentivando o apoio mútuo entre os participantes e a troca de conhecimento.

Oferece o espaço do Sense-Lab para que os empreendedores realizem atividades pertinentes ao desenvolvimento do negócio. Os espaços disponíveis incluem sala de eventos para até 30 pessoas, salas de reunião e baias de trabalho. As condições para o uso do espaço são negociadas caso a caso com os empreendedores.

Oferece diversas possibilidades de conexão com potenciais parceiros. Parte das atividades são estruturadas sob demanda, incluindo as necessidades dos empreendedores em áreas específicas como educação, desenvolvimento social, microcrédito, entre outros. Também tem forte ligação com parceiros e empreendedores de base comunitária nas periferias de São Paulo. Explora essa rede por meio de visitas em grupo e conexões individuais. Ao final do programa também é organizado um pequeno demoday com convidados.

O Sense-Lab apoia os empreendedores da sua rede a divulgarem suas iniciativas em seus canais de comunicação online e rede de parceiros. Também trabalha com alguns parceiros em canais de imprensa. Dentro da metodologia de apoio, está contemplado um ranqueamento dos negócios em 4 estágios de maturidade: conceitual, projeto, negócio e game changer. Ao final do programa os negócios são classificados nessas 4 categorias e recebem um selo. O sistema ainda está em prototipagem, mas vem sendo aplicado nas últimas turmas.

Os negócios recebem dois tipos de mentoria: em grupo, por meio de rodas de conversa com especialistas abertas a todos os empreendedores do programa, e individuais, para necessidades específicas de cada negócio. As mentorias individuais são conversas semiestruturadas com base no diagnóstico do negócio. Em média nas últimas turmas foram realizadas 4 mentorias coletivas e selecionados 2 mentores por negócio, com 2 a 3 encontros com cada um.

A rede de empreendedores é fomentada de forma muito intensa primeiramente dentro da própria turma de aceleração. Muitas das atividades são realizadas em grupo, com foco em apoio mútuo, troca de experiências e de expertise entre os participantes. Isso ocorre em uma periodicidade mensal. O Sense-Lab também busca fomentar a inserção dos empreendedores em suas redes online e de forma presencial em encontros para troca de experiência.

Ao longo do processo é realizado um diagnóstico das principais demandas e lacunas do negócio e esses pontos são abordados de forma mais estruturada nos passos seguintes. Caso um negócio apresente pouco entendimento em áreas como entendimento de mercado, gestão financeira ou tese de impacto, ferramentas específicas são apresentadas e desenvolvidas junto com o empreendedor. Em sua maioria essas ferramentas são desenvolvidas pela equipe do Sense-Lab em conjunto com o empreendedor.

  • São Paulo

empreendedores@sense-lab.com

Carta de Princípios para Negócios de Impacto no Brasil: “negócios de impacto são empreendimentos que têm a missão explícita de gerar impacto socioambiental ao mesmo tempo em que geram resultado financeiro positivo de forma sustentável”.

Pode-se distribuir dividendos.

Não existe restrição de setores. O programa do Sense-Lab se orienta pelos ODS para guiar os potenciais focos de impacto.

O Sense-Lab possui uma atuação forte em alguns distritos da periferia da zona sul de São Paulo, incluindo Capão Redondo, Campo Limpo, Jd. Ângela e Jd. São Luis. Com isso, seleciona alguns dos projetos com esse foco geográficos, incluindo negócios sediados ou que possam ser replicados ou adaptados para esse território.

O processo seletivo é aberto entre 4 e 5 meses antes do início do programa e é divulgado nos canais de comunicação do Sense-Lab e parceiros. A inscrição se dá pela página:www.sense-lab.com/em. O processo é feito com base em uma sequência de desafios a serem realizados pelos candidatos (vídeo com pitch, exploração do problema, entrevistas com beneficiários etc.).

Número de negócios já apoiados: 18

Ano em que o programa começou: 2015

Carta de Princípios para Negócios de Impacto no Brasil: “negócios de impacto são empreendimentos que têm a missão explícita de gerar impacto socioambiental ao mesmo tempo em que geram resultado financeiro positivo de forma sustentável”.

Não existe restrição de setores. O programa do Sense-Lab se orienta pelos ODS para guiar os potenciais focos de impacto.

Pode-se distribuir dividendos.

Sense-Lab

Consultoria e organização de apoio a negócios de impacto

São Paulo,

2014

Empresa

5

  • Prestação de serviço para o empreendedor
  • Prestação de serviço para empresas, institutos e fundações
  • Consultoria para empresas, institutos e fundações – Cursos e programas próprios, em especial de mapeamento e fomento do campo de inovação social e negócios de impacto

*A veracidade das informações aqui descritas são de responsabilidade da organização Sense-Lab. Os dados foram atualizados em 12 de dezembro de 2017.