Idealização e realização:

Incubadora do tecnoPARQ/CenTev/UFV

Incubadora do tecnoPARQ/CenTev/UFV

  • Minas Gerais
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4
  • 5
  • 6

Programa de Pré-Incubação: 6 meses Programa de Incubação: 3 anos, em média

15 negócios, no total (em média)

Desenvolvimento

A Incubadora tem por objetivo viabilizar a criação e o desenvolvimento de novos negócios de Base Tecnológica locais e promover a cultura empreendedora de inovação produzida na comunidade acadêmica.
Além disso, um dos objetivos da Incubadora é contribuir com o desenvolvimento da região, incentivando também o apoio à criação e ao desenvolvimento dos negócios de impacto locais.

Embora a temática foi incluída na lógica da Incubadora em 2016, o grande diferencial da Incubadora é a expertise no desenvolvimento de negócios desde 1996 e ser uma unidade do Parque Tecnológico de Viçosa, da Universidade Federal de Viçosa, instituição referência em ensino, pesquisa, extensão e empreendedorismo.

A empresa paga um valor referente à utilização do espaço físico, calculado com base na metragem da sala utilizada pela empresa.
As empresas incubadas recebem o desconto progressivo que é oferecido às empresas incubadas nos valores pagos, sendo de 80% (1º ao 6º mês); 60% (7º ao 12º mês); 40% (13º ao 18º); 20% (19º ao 24º); em 36 meses de Incubação (tempo médio)

A capacitação e treinamento dos empreendedores é feita via workshops, por meio de levantamento da demanda e também, de forma sistematizada por meio do Programa Integrado de Qualificação Empreendedora (PIQE). O Programa Integrado de Qualificação Empreendedora (PIQE) é um programa oferecido pela Incubadora com o objetivo de capacitar vinculados ao tecnoPARQ e aos demais empreendedores de Viçosa e região, tornando-os mais capazes de potencializar os resultados do seu negócio. O PIQE é composto por seis módulos focados em diferentes eixos do empreendedorismo (Impacto, Empreendedor, Capital, Tecnologia, Mercado e Gestão), sendo cada um deles composto por workshops de alta qualidade que visam atender as maiores demandas identificadas em nossas empresas. Os 6 módulos são ministrados ao longo de 6 meses, totalizando uma carga horária de mais de 80 horas. Aindasão oferecidas assessorias aos empreendedores: orientação aos empreendedores nos cinco eixos do Cerne (empreendedor, gestão, tecnologia, mercado e financeiro). As assessorias podem ser ministradas por profissionais externos ou internos.

Na capacitação há o Módulo Empreendedor em que são trabalhadas habilidades essenciais para um bom empreendedor: liderança e comunicação. Nele são oferecidos workshops com o objetivo de desenvolver o perfil de liderança nos participantes, de melhorar sua oratória, de capacitá-los a construir apresentações de impacto e de ensiná-los a fazer um bom pitch. Outra forma de capacitá-lo é por meio de assessorias pontuais, oferecidas sob demanda, geralmente pela equipe do tecnoPARQ.

O Prédio Principal do Parque Tecnológico de Viçosa (tecnoPARQ/UFV), possui uma área de aproximadamente 4.500 m², destinada à instalação do Condomínio de Empresas, de sua estrutura administrativa e das estruturas para prestação de serviços de apoio empresarial. O prédio possui 15 ambientes para instalação de empresas, com áreas que variam de 19 a 35 m². As Empresas Vinculadas possuem o direito de uso dos serviços e das áreas comuns do tecnoPARQ. O prédio principal do tecnoPARQ/UFV apresenta os seguintes ambientes: 03 salas de reuniões; 01 mini auditório; 01 auditório; 01 sala multiuso; 01 salão nobre; 01 laboratório de informática; 02 salas de treinamentos; 01 sala de vídeo conferência; Laboratório de Análises Físico-Químicas e de Microbiologia Cozinha Compartilhada O tecnoPARQ se responsabiliza pela gerência de condomínio, que inclui limpeza, manutenção e segurança das instalações físicas de uso comum. Além disso, oferece infraestrutura de energia, água, internet para as Empresas Vinculadas e é responsável pelos investimentos em modernização e manutenção dos sistemas. Para manutenção dos custos desses serviços para as áreas comuns do prédio principal é cobrada taxa de condomínio. Os serviços de internet, incluído o acesso à rede, são custeados pelo tecnoPARQ e disponibilizados gratuitamente para as Empresas Residentes, que também possuem acesso aos espaços compartilhados do Prédio Principal sem cobrança de taxa adicional.

A rede de mentores é sistematizada por meio do Programa de Mentoria Oriente. Programa Oriente objetiva fomentar o desenvolvimento de novas empresas por meio da conexão entre empreendedores da IEBT (incubados e pré-incubados) e empresários que já possuem maior experiência em suas carreiras. Nossa intenção é fazer com que a troca de experiência profissional ensine os empreendedores iniciantes como conduzir um negócio de sucesso. Ao mentor, caberá o papel de auxiliar seu mentorado a partir de seus conhecimentos profissionais e práticos, bem como suas vivências e redes de contato. Através de seus feedbacks e conselhos, os mentores ajudarão na trajetória e nas escolhas empresariais dos orientados. Os mentores podem ser empreendedores, empresários, investidores, professores ou pesquisadores com espírito colaborativo e interessados em disseminar o empreendedorismo. Trata-se de um trabalho voluntário. O acesso a mentores por meio do Programa Oriente é exclusivo para empresas vinculadas ao tecnoPARQ, que hoje contem 32 experts.

O networking entre empreendedores é estimulada através de ações no dia a dia, bem como incentivado por meio do Acompanhamento Empresarial. Entretanto, para ser mais eficaz o tecnoPARQ promove eventos com o intuito de fomentar a rede de empreendedores, a saber: Reuniões de Status: acontecem bimestralmente e os empreendedores compartilham o andamento do negócio e suas experiências; tecnoPARQ em sinergia: acontece bimestralmente, de forma alternada com as reuniões de status e tem por objetivo oferecer um conteúdo de interesse dos empreendedores; Café Compartilhado: acontece todas as primeiras terças e trata-se de um encontro descontraído para a integração de empreendedores e colaboradores do tecnoPARQ e das empresas Encontro anual das graduadas: trata-se de um Coquetel anual oferecido às empresas, a fim de encerrar as atividades do ano e premiar os destaques do período

O desenvolvimento da gestão é o foco do Programa de Incubação oeferecido. É realizado o monitoramento dos empreendimentos incubados através de reuniões trimestrais com os empreendedores vinculados ao programa. Para tanto a gerência de incubação conduz as reuniões de monitoramento no formato presencial (ou, por motivos excepcionais, por videoconferência) com os responsáveis pela empresa, a fim de averiguar o seu nível de maturidade e evolução no desenvolvimento em seus 6 eixos (Tecnologia, Mercado, Capital, Gestão, Empreendedor e Impacto). As sessões de monitoramento são guiadas pela aplicação de um Modelo de Maturidade que verifica o nível de maturidade e a evolução do empreendimento em aspectos previamente estabelecidos para cada um dos 5 eixos. A cada sessão estes aspectos são avaliados e é verificado o cumprimento de cada requisito estabelecido. A expectativa é que as empresas evoluam a cada rodada de monitoramento. Além disso também é realizado o acompanhamento de ações que surgem conforme demanda e necessidade da empresa e que são registradas nas atas da reunião de acompanhamento. Estão aptas a graduar aquelas empresas que atingem a nota média igual ou superior a 75% em cada um dos eixos. Ao final do programa existem as seguintes possibilidades para a empresa: • Graduação: o empreendimento possui maturidade suficiente para operar sem o apoio da incubadora; • Incubação: o empreendimento não está pronto para graduar, mas deve permanecer em incubação, uma vez que tem potencial para graduar no futuro; • Pivotação: o empreendimento não está pronto para graduar, mas deve permanecer em incubação, uma vez que tem potencial para graduar no futuro, desde que faça uma pivotação (mudança) na proposta atual de empreendimento (segmento de cliente, proposta de valor, modelo de receita, dentre outros); • Descontinuação: os resultados dos monitoramentos demonstram que o empreendimento não terá sucesso no mercado e, por isso, deve deixar a incubadora.

  • Minas Gerais

novosnegocios@ufv.br

O são Negócios de Impacto, Novembro 2019 – Aliança pelos Investimentos e Negócios de Impacto

Não há restrições acerca da política de dividendo

Não, o setor de atuação é somente um direcionador

Os negócios apoiados devem ser também de base tecnológica.

A Incubadora do tecnoPARQ/UFV recepciona as propostas de empreendimentos através das seguintes etapas:
1ª Fase: Inscrição, submissão de propostas e envio dos documentos
Os proponentes submetem as propostas de negócios contendo a descrição do negócio e seu mercado, além do detalhamento financeiro, via sistema. Adicionalmente, enviam os documentos pessoais e do empreendimento.
2ª Fase: Análise dos documentos
A equipe da Incubadora analisa os documentos e verifica se estão de acordo com os requisitos solicitados no edital. Caso os documentos estejam corretos, as propostas são enviadas para avaliação técnica, financeiro-econômica

Após a submissão das propostas, as avaliações das propostas serão analisadas com base nos critérios descritos abaixo:
• Viabilidade técnica, econômica do empreendimento com potencial de crescimento;
• Viabilidade mercadológica do empreendimento;
• Conteúdo tecnológico, competitividade e grau de inovação dos produtos, processos e serviços a serem ofertados dentro do foco da Incubadora;
• Qualificação dos proponentes e da equipe quanto aos aspectos técnicos e gerencias;
• Grau de comprometimento e disponibilidade dos candidatos no desenvolvimento do projeto;
• Perfil empreendedor dos candidatos;
• Potencial de interação com as atividades de ensino e pesquisa da UFV e com as atividades desenvolvidas pelos parceiros do tecnoPARQ/UFV;
• Potencial de impacto do projeto na economia local ou regional.

Número de negócios já apoiados: 18

Ano em que o programa começou: 2015

O são Negócios de Impacto, Novembro 2019 – Aliança pelos Investimentos e Negócios de Impacto

Não, o setor de atuação é somente um direcionador

Não há restrições acerca da política de dividendo

Incubadora do tecnoPARQ/UFV

Incubadora

Minas Gerais,

1996

Órgão da Administração Pública

9

  • Recursos Públicos

*A veracidade das informações aqui descritas são de responsabilidade da organização Incubadora do tecnoPARQ/UFV. Os dados foram atualizados em 3 de agosto de 2020.