Idealização e realização:

Libria

Libria

  • Todos os Estados
  • 1
  • 2
  • 3
  • 4

1 mês, sendo 60 horas mais mentorias individuais. Há 3 fases: (1) Sensibilização - Ciclo de 6h; (2) Ideação - 20h; (3) Pré-aceleração - 4 semanas de capacitação com carga horária de aproximadamente 6 horas semanais + mentoria.

Até 10 projetos simultaneamente na fase de pré-aceleração e, para as 3 melhores no processo, dão mais 3 meses de apoio

Desenvolvimento

Disseminar uma nova cultura empresarial que visa rentabilidade e impacto socioambiental. Estimular o surgimento de novas empresas de impacto e oferecer capacitação àqueles que desejam desenvolver um projeto desse tipo, assim como àqueles que já desenvolvem.

O tipo de suporte de destaque é: “Capacitação e treinamento”. Desenvolvimento de competências pessoais dos empreendedores orientadas a impacto sistêmico, trabalhando em rede na construção de negócios rentáveis e sustentáveis de transformação socioambiental.

Há contrapartida financeira para a Terceira Fase, de pré-aceleração (taxa de inscrição para aqueles que forem selecionados, para auxiliar no custeio de despesas operacionais do curso).

Fase 1 (sensibilização): ciclo de palestras e vivências inspiradoras para reunir startups, empresas estabelecidas e potenciais empresários. Fase 2 (ideathon): com uma oficina em Design Thinking os participantes são convidados a pensar fora da caixa. São disponibilizadas ferramentas que poderão ser utilizadas posteriormente. Essa fase é acompanhada de mentoria e finalizada com um pitch para avaliação da banca que selecionará os participantes na terceira fase. Fase 3 (pré-aceleração e capacitação): os participantes terão acesso a metodologias de lean start-up, conceito de impacto social e ambiental, sustentabilidade econômica financeira, aspectos legais, marketing, modelagem de negócio (BMC) e Pitch. Os participantes são acompanhados por mentores, e esse processo termina com o pitch do projeto.

Fase 1: (a) Palestra - Antroposofia em projetos socioambientais: Expressão do Propósito da Pessoa através do Negócio. Como desenvolver a consciência necessária para refletir proposito pessoal nos negócios. (b) Palestra - Observador que somos e o mundo: Protagonismo, reconexão com propósito de vida e autoconhecimento permitem uma vida em coerência entre corpo e emoções. Fase 3: (a) Workshop - ALINHAMENTO DE EQUIPE: Competências para trabalho em equipe: (Comunicação Assertiva e Escuta Ativa – Como gerar confiança?).

Conexão com potenciais parceiros e clientes ao longo do período de pre-aceleração e após esse período. Construção de conhecimento em grupo, presencial ou online, no Facebook e WhatsApp. Reuniões com mentores e parceiros do programa de acordo com a demanda do empreendedor, pelo prazo de 1 ano após o término da pré-aceleração.

Tendo em vista que os projetos acelerados em geral estão em fase inicial, geralmente não é necessário fazer a ponte com investidores. No entanto investidores locais são convidados a participar do pitch final e fazem parte da rede Libria podendo ser acessados caso haja necessidade/oportunidade.

O programa é divulgado na página de internet e nas redes sociais, além de jornais locais e mailing list de parceiros. Em 2017, pela primeira vez, planejaram uma ação para divulgação dos projetos acelerados. A ideia é promover vídeos em que os acelerados tenham a oportunidade de apresentar seu projeto ao mercado. Esses videos seriam divulgados na rede da Libria (em especial site e redes sociais).

Há encontros presenciais com os mentores que ocorrem em grupo 2 vezes por semana durante 4 semanas. Além disso, cada equipe tem um ou dois mentores que a acompanha mais de perto em encontro semanais. Após o término desse processo, as 2 melhores equipes têm acesso a rede de mentores pelo prazo de 1 ano sob demanda. Esses encontros podem ser presenciais, por telefone ou Skype, dependendo da disponibilidade do mentor. Têm uma rede de 18 mentores com experiências e competências diferentes, entre gestão, jurídico, financeira, marketing, design, tecnologia, impacto e inovação.

Os empreendedores que passaram pelos 2 primeiros ciclos de aceleração fazem parte de um grupo de Whatsapp que se comunica semanalmente e compartilham necessidades, desafios e conquistas. Não há limite de participação. Há ainda um grupo no Facebook que compartilha e cria conhecimento sobre assuntos relacionados a empreendedorismo de impacto.

  • Todos os Estados

contato@projetolibria.com.br

Definição própria: considera-se que um projeto tem potencial para causar impacto social quando este tem por objetivo resolver problemas da comunidade de baixa renda ou vulnerável; ou ainda quando tem como foco a prestação de serviços como saúde, educação, empoderamento econômico, arte, mídia, cultura e outros serviços básicos de utilidade pública. Além do impacto social são avaliados: o potencial de rentabilidade ou no mínimo sustentabilidade financeira do projeto, a iniciativa, a capacidade de promover impacto positivo ao longo da sua cadeia de produção ou de prestação de serviço, por meio de mecanismos que considerem não apenas os sócios diretamente, mas toda a comunidade que se relaciona direta ou indiretamente ao projeto.

Pode-se distribuir dividendos.

Havendo impacto socioambiental, não restringem setores-alvo. No entanto, é considerado um diferencial aqueles projetos que se dedicarem aos seguintes setores: saúde, educação, empoderamento econômico, arte, mídia, cultura e outros serviços básicos de utilidade pública.

Análise do perfil do time de empreendedores; potencial de escalabilidade da proposta; potencial de impacto social; disponibilidade da equipe; capacidade potencial de execução do time; capacidade de conclusão do MVP e validação da proposta no período de Pré-Aceleração.

Processo de inscrição: Fase 1 – inscrição dentro do número de vagas oferecidas (até 80 pessoas) por ordem de inscrição. Fase 2 – inscrição dentro do número de vagas oferecidas (até 50 pessoas) por ordem de inscrição. Fase 3 – de acordo com regras divulgadas no Edital.

Número de negócios já apoiados: 15

Ano em que o programa começou: 2015

Definição própria: considera-se que um projeto tem potencial para causar impacto social quando este tem por objetivo resolver problemas da comunidade de baixa renda ou vulnerável; ou ainda quando tem como foco a prestação de serviços como saúde, educação, empoderamento econômico, arte, mídia, cultura e outros serviços básicos de utilidade pública. Além do impacto social são avaliados: o potencial de rentabilidade ou no mínimo sustentabilidade financeira do projeto, a iniciativa, a capacidade de promover impacto positivo ao longo da sua cadeia de produção ou de prestação de serviço, por meio de mecanismos que considerem não apenas os sócios diretamente, mas toda a comunidade que se relaciona direta ou indiretamente ao projeto.

Havendo impacto socioambiental, não restringem setores-alvo. No entanto, é considerado um diferencial aqueles projetos que se dedicarem aos seguintes setores: saúde, educação, empoderamento econômico, arte, mídia, cultura e outros serviços básicos de utilidade pública.

Pode-se distribuir dividendos.

Projeto Libria

Aceleradora

Paraná,

2015

Não tem personalidade jurídica

20

  • Prestação de serviço para o empreendedor

*A veracidade das informações aqui descritas são de responsabilidade da organização Projeto Libria. Os dados foram atualizados em 12 de dezembro de 2017.